Blog


12 dicas para realizar as promessas de Ano Novo! (e um desafio no final)


2 de fevereiro de 2019

Mais um fim de ano chegando e junto com ele, aquela lista de promessas para o ano que se inicia: fazer dieta, parar de fumar, exercitar-se mais, aprender outro idioma, ler mais livros, guardar dinheiro…

O ser humano gosta de celebrações e de determinar ciclos, comemorando o início e o fechamento de cada nova fase. O Ano-Novo nada mais é que o início de um novo ciclo, e a possibilidade de um recomeço; é hora de esquecer o que passou, resgatar sonhos e projetos abandonados no fundo das gavetas e renovar a esperança de sermos a melhor versão de nós mesmos.

No entanto, para a maioria das pessoas esse entusiasmo dura pouco tempo, e aquela energia e determinação do réveillon vai aos poucos enfraquecendo, até sumir por completo. Institutos de pesquisa americanos estimam que cerca de 25% da população desiste das promessas de ano-novo já no fim da primeira semana de janeiro, e a maioria esmagadora não consegue levar adiante suas promessas por mais de 3 meses.

Nos últimos anos, pesquisadores, psicólogos e cientistas buscam entender as razões desse comportamento. Sabemos que não é por falta de informação… ou alguém acredita que as pessoas desconheçam os males causados pelo cigarro ou a importância de exercitar-se, por exemplo? Também não é uma simples questão de força de vontade. Hoje, sabe-se que para perseverar numa atividade até o cumprimento da meta é necessário que a pessoa mude o seu mindset (programação mental).

Separei alguns passos que certamente lhe ajudarão a permanecer firme em suas promessas. Vamos a eles!

1) Objetivo Realista

Tenha um objetivo realista! Se a meta for muito fácil, você acomoda; se for muito difícil, você desanima. O ideal é que o objetivo lhe desafie e exija esforço, mas que você tenha convicção de que é capaz de atingi-lo. Dividir o objetivo final em metas menores também ajuda: se você quer perder 15 quilos, por exemplo, foque em perder os primeiros três; ao conseguir, foque nos próximos três e assim por diante.

2) Encontre seu propósito

Geralmente o seu objetivo é apenas um meio de conseguir algo mais forte que está por trás dele e que chamamos de propósito. Quem busca guardar dinheiro, na verdade quer aquilo que o dinheiro pode comprar. Quem quer parar de fumar ou aprender um idioma, busca os benefícios que isso lhe trará.

Portanto, ao invés de pensar: “tenho que exercitar-me e cuidar da saúde”, pense: “quero estar saudável para ver meus filhos e netos crescerem”. Substitua “preciso poupar dinheiro” por “quero poder viajar mais e dar uma vida confortável para minha família”.

Ter consciência do seu propósito é fundamental para que você persista quando bater o desânimo e tiver vontade de desistir.

3) Perdoe-se

Falhas e recaídas são normais, elas fazem parte do processo de aprendizagem. O importante é que ao cair, você se levante e siga em frente, não importando quantas vezes tenha que recomeçar. Não use um deslize como justificativa para desistir do seu projeto. Aprenda a se perdoar e evite cobrar-se exageradamente.

4) Celebre pequenas vitórias

Comemore as conquistas intermediárias durante o processo até chegar ao resultado final. Para cada avanço ou meta alcançada, presenteie-se ou permita-se fazer algo que goste. Pequenas recompensas servem como injeção de ânimo e estatisticamente reduzem as chances de você desistir pelo caminho.

5) Determine um prazo

Objetivo sem prazo é apenas um sonho! Todo objetivo precisa de uma data limite para sua realização. Isso ajuda a definir e gerenciar o ritmo de suas ações e faz o seu cérebro entender a meta como algo real e palpável, e não apenas como uma ideia abstrata.

6) Seja consistente

Consistência e regularidade são mais importantes que a velocidade. A expressão “devagar e sempre” é a chave para alcançar resultados grandiosos. De nada adianta faltar duas semanas à academia e depois querer malhar por 4 horas seguidas. A mesma ideia se aplica à dieta, ao aprendizado do idioma ou a qualquer outro objetivo.

Outra vantagem da regularidade é que se mantida por algumas semanas, seu novo comportamento logo se tornará um hábito, e você passará a executá-lo de forma automática, com muito menos esforço.

7) Monitore seu progresso

Há uma máxima no mundo dos negócios que diz: “O que não é medido, não é gerenciado”. Isto também vale para nossa vida e nossos projetos pessoais. É fundamental acompanhar e medir os resultados alcançados durante o processo; isso trará uma noção sobre seu desempenho e lhe permitirá corrigir a rota caso esteja falhando em algo, ou até mesmo mudar prazos e objetivos estipulados inicialmente caso perceba que estão incoerentes.

8) Mude o ambiente ao seu redor

Várias pesquisas comprovam que o meio em que você vive e as pessoas com que se relaciona interferem diretamente em suas ações e consequentemente, em seus resultados. Portanto, tome cuidado para que coisas, lugares e pessoas a seu redor não boicotem (mesmo sem querer) o seu sucesso. Por exemplo, se você continuar a sair com os mesmos amigos e ir aos mesmos lugares, será muito mais difícil deixar de fumar ou fazer dieta, caso seja esse seu objetivo. O ideal é que você passe mais tempo com pessoas que estejam buscando o mesmo que você, ou melhor ainda, pessoas que já conquistaram o resultado que você quer conquistar.

9) Comprometa-se com outras pessoas

Estudos apontaram que um grupo de pessoas que compartilharam seus objetivos e novas rotinas com amigos e familiares tiveram mais êxito em atingir os resultados em comparação a outro grupo que tinha os mesmos objetivos mas atuava isoladamente. Ao compartilhar sua meta, o cérebro entende isso como uma razão a mais para persistir firme em seu objetivo, pois cria mecanismos de defesa com o intuito de evitar que você falhe e se exponha a uma situação constrangedora com alguém conhecido. Muitas pessoas até criam blogs onde escrevem sua rotina e relatam as dificuldades e os avanços conquistados. Acredite, isso ajuda muito!

10) Defina um novo objetivo após atingi-lo

É comum vermos pessoas que após conseguir um resultado desejado, relaxam e retornam aos maus hábitos, perdendo tudo aquilo que tinham conquistado. Tome muito cuidado com essa armadilha. Lembre-se que mais difícil que chegar ao pódio é manter-se lá! Portanto, após atingir um resultado qualquer, defina uma nova meta sobre aquele assunto, de modo que você sempre se veja desafiado e consiga assim se manter em evolução contínua.

11) Aja como se já tivesse conquistado

Visualizar-se já tendo conquistado o seu objetivo lhe ajudará a ter sensações e praticar ações congruentes com seus pensamentos. A mente humana tem dificuldade em diferenciar imaginação e realidade, e ao projetar-se como alguém já transformado, seu cérebro buscará mecanismos para tentar realizar o que você mentalmente já realizou: “Seja hoje a pessoa que você pretende tornar-se amanhã!”

12) Pare de procrastinar

Procrastinar é o ato de sempre adiar aquilo que deve ser feito. Sabe aquelas desculpas que damos para nós mesmos: “Começarei na próxima semana… vou fazer quando as coisas no meu serviço acalmarem… iniciarei assim que eu tiver mais tempo…” Não espere o cenário perfeito, pois ele não existe e esse dia nunca chegará. O melhor momento para começar a agir é hoje, exatamente agora!

Para encerrar, eu gostaria de lhe propor um desafio. Lembra da dica nº 9? Pois então, que tal compartilhar comigo a sua meta? Deixe um comentário contando qual o seu objetivo. Eu acredito em você, e tenho certeza que com dedicação e seguindo essas dicas, você não será mais um daqueles que deixam seus sonhos pelo meio do caminho.

Quando você chegar lá (e eu sei que chegará), te convido a me contar sua história de sucesso e superação. Quem sabe seu caso não vire um artigo ou vídeo, para que juntos possamos inspirar outras pessoas. Topa o desafio?

Comentários
Alexandre Gaboardi
Alexandre Gaboardi é empresário, Coach profissional e mentor de Coaches, membro da Sociedade Brasileira de Coaching e diretor de Produtividade da ABRAP Coaching – Associação Brasileira dos Profissionais de Coaching. Graduado em Engenharia, pós-graduado em Coaching e Liderança e com MBA em Gestão Estratégica de Negócios, é CEO e fundador da Treinna – Coaching Consultoria
Contatos

WhatsApp: (11) 99994-6682 suporte@coachingtreinna.com.br