Blog


3 estratégias para terminar as tarefas que você começa


2 de fevereiro de 2019

Você é daquelas pessoas que não termina as tarefas que começa? Deixa tudo pela metade? Tem dificuldades em finalizar suas atividades? Se sua resposta foi sim, saiba que grande parte da população também sofre com este mesmo problema que, além de afetar seus resultados, geralmente também causa frustração e um sentimento de fracasso.

Para você superar esse hábito de deixar as tarefas inacabadas, as palavras-chave são foco e persistência. E para alcançar esse objetivo, listo abaixo 3 estratégias fundamentais que lhe ajudarão a ter o comprometimento e dedicação necessárias para levar seus projetos até o fim.

1. Divida suas tarefas em etapas menores. Muitas vezes, o motivo de desistirmos no meio do caminho é pelo fato de considerarmos a tarefa muita grande ou complexa. A dica aqui é pegar uma atividade trabalhosa e dividi-la em pequenas partes, chamadas de micro-metas. Por exemplo, ao invés de pensar que você precisa escrever um livro, se você definir como meta escrever de 3 a 4 páginas por dia, ficará muito mais fácil do seu cérebro “aceitar” esta tarefa e lhe impulsionar para a ação. Este mesmo raciocínio pode ser usado para quem quer emagrecer, abrir uma empresa, passar em concurso público, etc.

2. Visualize a tarefa já finalizada. O seu cérebro inconsciente sempre busca evitar o trabalho e o desconforto. Quando você direciona seu foco para a tarefa em si, a reação natural da nossa mente é rejeitar esta atividade, a não ser, obviamente, que seja uma tarefa prazerosa. Para que você não se sabote, uma estratégia interessante é você mudar o seu foco para a tarefa já realizada. Ao imaginar a atividade concluída, você não se concentra no processo da atividade, mas sim no benefício que ela lhe trará.

3. E por falar em benefício, a terceira estratégia é exatamente essa: você definir, de forma muita clara, pra que você quer ou precisa realizar aquela tarefa. Qual objetivo eu terei? Que resultados conquistarei? Quais prejuízos evitarei? O benefício é para mim mesmo? Para minha família? Impactará na minha saúde? Na minha qualidade de vida? Saber porque esta tarefa está sendo executada é fundamental. É esse seu porquê que lhe manterá em ação quando surgirem os obstáculos que geralmente fazem as pessoas desistirem.

Lembre-se que nossas atitudes repetidas regularmente tornam-se hábitos. E para adquirir novos e bons hábitos, você precisará de estratégias para manter-se no caminho certo. Dividir as tarefas em partes menores, visualizar a tarefa já feita e saber o seu porquê, são ótimas maneiras de conseguir finalizar as atividades importantes que geralmente são abandonadas pelo caminho.  

Comentários
Alexandre Gaboardi
Alexandre Gaboardi é empresário, Coach profissional e mentor de Coaches, membro da Sociedade Brasileira de Coaching e diretor de Produtividade da ABRAP Coaching – Associação Brasileira dos Profissionais de Coaching. Graduado em Engenharia, pós-graduado em Coaching e Liderança e com MBA em Gestão Estratégica de Negócios, é CEO e fundador da Treinna – Coaching Consultoria
Contatos

WhatsApp: (11) 99994-6682 suporte@coachingtreinna.com.br